Precisamos falar sobre ansiedade

14:30:00


Boa parte da população sofre de ansiedade, e muitas pessoas não sabem lidar com isso. Todos nós sentimos um pouco o impacto da ansiedade em determinada época das nossas vidas, e isso é normal. Mas infelizmente para algumas pessoas, esse sentimento vai se intensificando a cada dia, e só quem sofre desse transtorno, sabe os efeitos negativos que ele nos causa. Além de danos psíquicos, a ansiedade também causa danos físicos.

Para quem não sabe, a ansiedade é uma reação que podemos ter ao acharmos que existe um risco futuro. Ficar ansioso por causa de uma prova, pode te motivar ainda mais a se preparar com antecedência, mas o problema surge quando a ansiedade deixa de ser só aquele preparo e se torna muito intensa e prolongada. Quando o tamanho da ansiedade é desproporcional a sua causa, isso pode te atrapalhar a viver. Se a ansiedade de alguém atinge níveis muito extremos por períodos prolongados, impedindo a pessoa de sentir prazer com a vida, ela com certeza estará desenvolvendo o transtorno de ansiedade.
Os transtornos de ansiedade, são de longe, os mais fáceis de serem observados no mundo todo prejudicando cerca de 7% da população mundial.
Na psicologia, medo e ansiedade são considerados coisas diferentes, medo é uma emoção negativa e aguda, diante de uma ameaça reconhecida em um presente imediato, já a ansiedade costuma também ser uma reação negativa, só que mais longa, a percepção de risco vem de uma reação futura, e não na situação em que o individuo se encontra imediatamente.

De acordo com alguns psicólogos, existem 5 tipos de transtornos de ansiedade:

1 - Transtorno de Pânico (com ou sem agorafobia): Quando o indivíduo sente fortes sensações de que irá morrer como se estivesse tendo um ataque do coração.
2 - Transtorno de Ansiedade Generalizada: Também reconhecida como TAG, o estresse ou preocupações excessivas podem ser causadas por pensamentos e sentimentos que ativam o transtorno de ansiedade. Na TAG, uma das maiores preocupações é um final catastrófico para as situações que são sentidas como uma ameaça.
3 - Fobias Sociais: Talvez a fobia social seja o tipo de ansiedade mais comum e normalmente acontecem em situações públicas. A pessoa com fobia social sente uma grande ansiedade e desconforto em situações sociais, como se a pessoa estivesse sendo avaliada de forma negativa, humilhada ou constrangida.
4 - Transtorno Obsessivo Compulsivo: São obsessões, impulsos ou coisas indesejáveis involuntariamente, que invadem a consciência causando ansiedade e desconforto e praticamente obrigando ao indivíduo a executar "rituais" repetitivos, sejam eles físicos ou mentais.
5 - Transtorno de Estresse Pós Traumático: É causado por um trauma, um evento realmente horrível que aconteceu na vida do indivíduo. Nesse transtorno a ansiedade surge de lembranças, pensamentos causando medo relacionado a experiência traumática.

Alguns sintomas da Ansiedade:

Fadiga, Insônia, sensação de falta de ar, preocupação excessiva, dores no peito e palpitações, confusão, dificuldades em relaxar, dificuldades em dormir, sensação de impotência, tensão, dores musculares.



Tratamentos: Você pode procurar a ajuda de um terapeuta para tentar se livrar da ansiedade, em alguns casos será necessário medicamentos. Em primeiro caso, muitos pacientes precisam de ansiolíticos (dissolução de ansiedade), são substâncias que diminuem a excitação sentimental. Em segundo caso, antidepressivos. Geralmente, esse tipo de medicamento tem dois tipos de efeito na mente humana: aumenta o nível de energia psíquica, faz a pessoa se sentir mais forte e diminui o nível de preocupação e aumenta a clareza e percepção. Em terceiro caso, o tratamento devem ser feitos com tranquilizantes ou anti psicóticos que geralmente são prescritos em casos mais graves.  O tratamento varia de acordo com seu tipo de ansiedade, e fazer exercícios físicos pode ajudar bastante.


Se você gosta de manter uma boa alimentação para ajudar no controle de doenças como a ansiedade, invista nos seguintes alimentos:

Frutas


 Peixes e Carnes Magras


Espinafre


Chocolate



É isso, galera. Se você sofre ou acha que sofre de algum tipo de transtorno de ansiedade, procure um especialista e cuide da sua saúde, tanto a saúde física quanto a mental são importantíssimas.
Beijão e até a próxima.

Postado por: Lívia Santos

You Might Also Like

0 comentários

Produto do Mês

Produto do Mês

Instagram

Subscribe