NEGROS LINDOS, LIVRES E BEM SUCEDIDOS? SIM!

by - 17:00:00


Infelizmente parece que nesses últimos dias o racismo vem tomando uma proporção cada vez maior, quando na verdade já era pra ele nem existir mais. Eu vi uma frase muito interessante esses dias que me fez pensar melhor. "Numa sociedade racista, não basta não ser um racista, é necessário ser antirracistas."
Todos os dias milhares de negros são humilhados e muitas vezes esses casos não chegam ao nosso conhecimento, é preciso acontecer com pessoas que estão ao nosso redor, ou na mídia para que "a maior parte" se sensibilize.

Talvez quem nunca tenha sofrido racismo, jamais saiba o que isso é de verdade. Já passei por duas situação de racismo que me deixaram triste e fui obrigada a ouvir de parentes brancos "ah para, você só quer chamar atenção porque agora virou moda dizer que sofreu racismo." Isso é tão triste, sabe?
Moda pra mim é a nova coleção da Louis Vuitton, são os desfiles nas passarelas, são as novas tendências de roupa, acessórios e maquiagem chegando ao nosso conhecimento. Ofensas a um negro é RACISMO.

Infelizmente, as pessoas não tem noção, ou então, são maldosas mesmo. Houve um caso esse de racismo que caiu na mídia na semana passada onde uma mulher chamada Day Mccarthy, tentou ofender a Titi, filha da Giovanna Ewbank e do Bruno Gagliasso, a chamando de macaca, dizendo que ela tem um nariz horrível de preto, que ela não é filha dos dois porque duas pessoas brancas jamais teriam filhos pretos igual a um macaco. E não é a primeira vez que Day ataca, ela ataca diariamente pessoas anonimas no pelo instagram, facebook, dizendo que negros são feios, pobres, escravos e etc. E alega que é a opinião dela, que ela mora no Canadá e não pode ser presa por expressar a opinião dela. Se isso não é racismo, eu não sei de mais nada nessa vida.

Meu intuito desse post de hoje é dizer o quanto eu sinto quando esse tipo de coisa acontece, e pior ainda quando sei que isso acontece diariamente. Antigamente eu pensava que eu não poderia fazer nada, cheguei até digitar aqui, mas hoje em dia sei que posso e podemos fazer muito. A começar com uma denúncia, e se a pessoa for condenada, pode pegar de 1 a 3 anos de prisão. E com esse post também quero enaltecer a beleza negra sim, porque ela existe, ela é REAL, assim como QUALQUER OUTRA, e principalmente, exigir respeito.

Vou listar diversas pessoas negras que são incrivelmente lindas, algumas reconhecidas na mídia e outras apenas amigos tão lindas quanto.

Lupita Nyong - Atriz


Duckie Thot - Modelo


Taís Araújo - Atriz


Lázaro Ramos - Ator


Maria Borges - Modelo, Angel Victoria's Secrets


Não só os famosos, mas também há pessoas que vivem no anonimato que são tão bonitas quanto e MERECEM ter a beleza enaltecida.

Aos meus amigos...

Tamillys Lírio - Psicóloga 


Júlia Guedes - Advogada


Fernanda Daniele (Minha prima maravilhosa) - Chefe de cozinha recém formada em Gastronomia


Lana Coelho - Estudante de Economia


Fred Nicácio - Fisioterapeuta e estudante de Medicina


Cláudio Marlon - Estudante de Engenharia 


Érika Costa  - Estudante de Economia 

Ao contrário do que os racistas dizem, é possível sim sermos negros, lindos por dentro e por FORA, sermos bem sucedidos e felizes. Merecemos um mundo melhor, um mundo que possamos nos vestir como quisermos, usar o cabelo que quisermos sem sermos criticados por isso.
Todos nós merecemos chances de sermos o que e quem quisermos nessa vida e mais do que tudo, como disse logo no começo do post, merecemos igualdade e acima de tudo RESPEITO.

RACISMO É CRIME.

Me despeço do post de hoje com um texto feito pela minha amiga Tamillys Lírio, e com um agradecimento a todas as pessoas por terem de alguma forma me ajudado com esse post, beijão e até a próxima.

"Devemos entender o racismo como um sistema, uma construção social e histórica, criada para diminuir e tirar os direitos mais básicos de grupos específicos, por sua origem, cor, traços e cultura.
Nosso país foi construído e desenvolvido por um sistema racista, que hierarquizou brancos como superiores aos negros sequestrados e escravizados vindos de África por mais de 300 anos, o que gerou o racismo e a discriminação baseado nos fenótipos (nas características vistas a olho nú).

Portanto é impossível pensar que somos tratados de forma igualitária, uma vez que nossa história foi construída pela desigualdade e pela desumanização de pessoas negras.
Essa semana muitos ficaram chocados com a fala racista da socialite, que não teve nenhum receio de chamar uma criança de "feia" e "macaca", por ser negra retinta e de origem africana. Para nós negros, é muito doloroso ver isso acontecer, mas não por "surpresa", porque vivenciamos situações idênticas ou similares desde muito pequenos, mas por saber os danos que comentários desumanizadores causam, por saber que mesmo muito pequenos, nós e nossos filhos estão sujeitos à violencias racistas assim e que muita gente vai banalizar esse sofrimento. Muito doloroso, mas real!

Cabe às pessoas negras que entendam os perigos do impacto do racismo e que encontrem estratégias de proteção, principalmente através da informação, conhecendo nossa trajetória de lutas nessa sociedade, exaltando nossa garra e beleza, para que as próximas gerações sejam fortalecidas.
E cabe à todos os não negros, não apenas que não sejam racistas, mas que também sejam participantes na luta antirracista, assim como falou Ângela Davis e frisou a querida amiga Lívia Santos, mas também combater atitudes como a da "dita cuja" que não citarei o nome, reconhecendo e desconstruindo as desigualdades!"

You May Also Like

0 comentários