Carta ao Chester Bennington

by - 00:04:00


Pessoas dizem que eu sou boa com palavras, mas na verdade eu nunca fui, mas isso não me impede de vir aqui abrir o meu coração para você. Ah Chester, um ano se passou e se eu pudesse, se eu pudesse salvar a tua vida, assim como você várias vezes salvou a minha.
Agora eu entendo completamente como o mundo pode sobrecarregar um homem. O peso do mundo dói, e não é pouco. As pessoas tem mania de achar que a grama do vizinho é sempre mais verde, eu mesma já fui essa pessoa, mas agora eu entendo que ela pode ser cinza, e que dentro dela pode haver apenas escuridão mesmo quando queremos encontrar apenas uma luz.
Você se lembra de quando você pediu as pessoas em seu show para abraçar umas as outras? Mesmo que elas não se conhecessem? Você se lembra quando você disse que não sabemos do dia de amanhã e que devemos sempre amar e perdoar? Porque não perdoar só envenena a nós mesmos? Ah Chester, como eu aprendi com você.
Me diz, como que eu faço para voltar no tempo e te salvar? Eu pediria para te abraçar e roubar toda a sua dor, assim como você roubou toda a minha quando eu mais precisei. Você não me abraçou, mas de alguma forma, você estava ali, juntinho comigo, me oferecendo seu ombro amigo através de suas canções e sempre me mostrando que independente de qual fosse o meu problema, eu jamais estaria sozinha, que no final sempre haveria uma luz.
Meu coração sangra toda vez que eu lembro que você não está mais aqui.
As pessoas tem mania de dizer "é falta de Deus", mas não vamos colocar Deus nessa. Quero que você saiba que com Deus ou sem Deus, a sua dor foi real, que sua vida importou e ainda importa, que seu coração era o maior, o mais generoso, o mais amoroso.
Eu sei o quanto você lutou, eu sei que você deu o melhor de si para o mundo e para você mesmo. Você salvou tantas vidas e não conseguiu salvar a sua. Eu te entendo, sei que mesmo com tudo que você tinha, nunca foi mais importante do que o que você era. Como você mesmo disse, as pessoas tem mania de achar que quando você é famoso, você tem um manual de como ser feliz, mas não é bem assim. A depressão é uma doença e mata igual a um câncer, você não pediu para tê-la, e eu sei que você deu o melhor de si. Eu sei o quão seu coração era grande, eu sei o quanto você tinha compaixão e eu sempre serei orgulhosa de você.

Espero que você tenha encontrado a paz que você sempre procurou, eu te amo!

Entrevista com o Chester falando sobre depressão:


Heavy 


One More Light



You May Also Like

0 comentários